domingo, 23 de maio de 2010

Despenteada


Hoje aprendi que é preciso deixar que a vida te despenteie, por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade...
O mundo é louco, definitivamente louco...
O que é gostoso, engorda. O que é lindo, custa caro.
O sol que ilumina o teu rosto enruga.
E o que é realmente bom dessa vida, despenteia...
- Rir às gargalhadas, despenteia.
- Viajar, voar, correr, entrar no mar, despenteia.
- Tirar a roupa, despenteia.
- Beijar a pessoa amada, despenteia.
- Brincar, despenteia.
- Cantar até ficar sem ar, despenteia.
- Dançar até duvidar se foi boa idéia colocar aqueles saltos gigantes essa noite, deixa seu cabelo irreconhecível...
Então, como sempre, cada vez que nos vejamos eu vou estar com o cabelo bagunçado...
Mas pode ter certeza que estarei passando pelo momento mais feliz da minha vida.

Interessante!



Você sabe por que o anel de compromisso é usado no quarto dedo?
Existe uma lenda chinesa que pode explicá-lo de maneira bonita e muito convincente....
Os polegares representam os pais. Os indicadores representam seus irmãos e amigos. O dedo médio representa você mesmo. O dedo anular (quarto dedo) representa o seu esposo/a. O dedo mindinho representa os filhos.
OK...primeiro junte as suas mãos, palma com palma, depois una os dedos médios de forma que fiquem os nós com os nós, assim como se mostra na imagem.
Agora tente separar de forma paralela os polegares (representam os pais). Você perceberá que se abrem, porque seus pais não estão destinados a viver com você até o dia de sua morte. Una-os de novo.
Agora tente separar da mesma maneira os dedos indicadores (representam os seus irmãos e amigos). Você perceberá que também se abrem porque eles se vão, e têm destinos diferentes, como casar-se e ter filhos.
Tente agora separar da mesma forma os dedos mindinhos (representam os seus filhos). Estes também se abrem porque os seus filhos crescem e quando já não precisem de você, se vão. Una-os de novo.
Finalmente, trate de separar os seus dedos anulares (o quarto dedo que representa o seu companheiro/a) e você se surpreenderá ao ver que simplesmente não consegue separá-los. Isso acontece porque um casal está destinado a permanecer unido até o ultimo dia de sua vida. E é por isso que o anel é usado neste dedo.

Vida passageira


Se pudéssemos ter consciência do quanto nossa vida é passageira, talvez pensássemos duas vezes antes de jogar fora as oportunidades que temos de ser e de fazer os outros felizes.
Muitas flores são colhidas cedo demais. Algumas, ainda em botão. Há sementes que nunca brotam e há aquelas flores que vivem a vida inteira até que, pétala por pétala, tranqüilas, vividas, se entregam ao vento.
Mas não somos adivinhos. Não sabemos por quanto tempo estaremos enfeitando esse jardim e tampouco aquelas flores que foram plantadas ao nosso redor. E descuidamos. Cuidamos pouco. De nós, dos outros.
Nos entristecemos por coisas pequenas e perdemos minutos e horas preciosos.
Perdemos dias, às vezes anos. Nos calamos quando deveríamos falar; falamos demais quando deveríamos ficar em silêncio.
Não damos o abraço que tanto nossa alma pede porque algo em nós impede essa aproximação.
Não damos um beijo carinhoso "porque não estamos acostumados com isso" e não dizemos que gostamos porque achamos que o outro sabe automaticamente o que sentimos.
E passa a noite e chega o dia, o sol nasce e adormece e continuamos os mesmos, fechados em nós. Reclamamos do que não temos, ou achamos que não temos suficiente.
Cobramos. Dos outros. Da vida. De nós mesmos.
Nos consumimos. Costumamos comparar nossas vidas com as daqueles que possuem mais que a gente.
E se experimentássemos nos comparar com aqueles que possuem menos?
Isso faria uma grande diferença.
E o tempo passa...
Passamos pela vida, não vivemos. Sobrevivemos, porque não sabemos fazer outra coisa.
Até que, inesperadamente, acordamos. E então nos perguntamos: E agora?
Agora, hoje, ainda é tempo de reconstruir alguma coisa, de dar o abraço amigo, de dizer uma palavra carinhosa, de agradecer pelo que temos.
Nunca se é velho demais ou jovem demais para amar, dizer uma palavra gentil ou fazer um gesto carinhoso.
Não olhe para trás. O que passou, passou.
O que perdemos, perdemos.
Olhe para frente!
Ainda é tempo de apreciar as flores que estão inteiras ao nosso redor.
Ainda é tempo de voltar-se para Deus e agradecer pela vida, que mesmo passageira, ainda está em nós.
Pense!...
Não o perca mais!...

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Preconceito contra gordinhos


Uma pesquisa feita com 16.000 gestores brasileiros pelo site de empregos Catho Oline, apontam que sobrepeso pode prejudicar a carreira profissional. Entre os presidentes e diretores que responderam à consulta, cerca de 70% admitem ter alguma objeção para contratar funcionários obesos. Desses, 15% disseram ter um grau elevado de restrição. As justificativas tem base no fato de que, se o candidato é desleixado com o próprio corpo, também deve ser com o trabalho.
Preconceito é preconceito, não importa sobre o que ou quem ele é direcionado. Gordura não é igual a desleixo! Já foi comprovado cientificamente que 'ser gordo' é genético. Ninguém é gordinho porque quer, isso qualquer um pode ter certeza! Existem gordinhos mais saudáveis que muitos magrinhos por aí. As pessoas deveriam louvar a saúde e não a aparência. As pessoas devem se aceitar como são para serem respeitadas.
Claro, não descartando uma vida ativa, como praticar algum exercício e uma alimentação
saudável... não importa se gordo ou magro, o importante mesmo é a saúde, física e mental.

terça-feira, 11 de maio de 2010

Finalmente... FÉRIAS!!!



Hoje, terça-feira, 11 de maio, foi meu "último dia de trabalho", quarta-feira estarei "curtindo" meus dias de férias, poucos, mas necessários e indispensáveis. Não irei viajar, deixei diversão um pouco de lado para cuidar de um assunto muito mais importante: SAÚDE! pois é tenho muitos médicos p "visitar", coisas que não dá pra fazer em corridos dias de trabalho. Deixei tudo organizado, concluído... Na agenda tudo detalhado, passo a passo para facilitar a vida de quem irá me substituir nos dias em que estarei ausente - boa sorte p quem ficar - rsrs. Estou jurando que vou encontrar tudo na mesma ordem, pelo menos torço, crente que não será assim, mas tudo bem, não vamos pensar nisso agora, afinal não é momento para "lembrar" de trabalho, vou agora organizar a minha vida e cuidar de mim. Pra quem fica, bom trabalho, porque eu, vou descansar!

Uma boa noite a todos...

sexta-feira, 7 de maio de 2010